ES ES

Notícias

Fisiologia do Esporte aplicada na Reabilitação Linfo Venosa

Quinta-Feira, 03 de Outubro de 2013

As Bombas Impulso Aspirativas (BIA) ou Bombas Músculo Veno Articulares são estruturas, ao redor do sistema venoso dos membros inferiores que tem como objetivo impulsionar o sangue centriptamente (em direção ao coração).

Considerando a importância destas bombas no bom funcionamento da circulação venosa dos membros inferiores, sobretudo a presença dos músculos como estruturas principais destas bombas, é de real necessidade perceber que a eficácia das mesmas depende da FORÇA DE CONTRAÇÃO MUSCULAR, AMPLITUDE DE MOVIMENTO CONTRAÇÃO-ESTIRAMENTO (ALONGAMENTO) E NÚMERO SUCESSIVOS DE CONTRAÇÕES (POTÊNCIA MUSCULAR).

Ao analisar o refluxo na insuficiência venosa crônica, percebe-se que a idade avançada é um fator de risco para a presença desta doença. Também, como fator de risco, em se tratando de varizes, observa-se as mulheres em maior número que os homens.

No processo de envelhecimento têm-se um decréscimo da área muscular e, com o avançar da idade pode atingir uma diminuição de até 50% aos 80 anos, com consequente diminuição da força e da potência do músculo. Estudos demonstram que a atrofia muscular é mais acentuda em fibras tipo II, que são fibras de contração rápida e força, esta atrofia é mais proeminente em mulheres que em homens.

Tendo em vista as informações citadas, concluí-se que a disfunção da Bomba Muscular (Impulso Aspirativa) agrava-se com a idade e é mais acentuada em mulheres, o que torna a insuficiência venosa crônica mais preocupante no sexo feminino por também apresentar uma maior prevalência de varizes.

Portanto, quando se pensa em tratamento de pacientes com problemas venosos, não se pode esquecer de tratar, concomitantemente, as bombas impulso aspirativas, ou os resultados podem ser desapontadores.

A Pró-Circulação aplica no tratamento da cinesioterapia, já descrita na literatura, a FISIOLOGIA DO ESPORTE, como forma de obter ganhos mais eficazes da função das bombas músculo veno articulares. A metodologia de tratamento segue criteriosamente às diretrizes do American College of Sports Medicine, permitindo ao paciente não só a melhora dos sinais e sintomas da doença, como também, independência na execução de suas atividades quotidianas.

 

 

 

Outras noticias

Clínica Pró-Circulação - Dr. Eduardo S. Da Matta © 2013 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Pop-Up Digital